Corretor: entre, com eficiência, no mercado imobiliário

By
Dicas para organizar-se antes de montar a sua empresa e ter sucesso

O mercado imobiliário é uma segmentação crescente de nossa economia. O aumento do poder aquisitivo dos brasileiros, aliado à ampliação demográfica, trazem uma maior busca sobre imóveis tanto para uso pessoal, como para forma de investimento financeiro.

Alguns pesquisadores apontam que, em 2030, a população brasileira alcançará o número de 223 milhões de habitantes. Para maior facilidade, estes morarão nos grandes centros urbanos que terão 91% da população. As esferas governamentais proporcionam muitos incentivos para a adequação urbana.

Algo interessante a ser mencionado, mas pouco conhecido por todos, é que os corretores de imóveis e as imobiliárias são parceiros de outros setores econômicos nacionais para o desenvolvimento sustentável e o progresso patrimonial urbanístico das cidades.

Imobiliárias e profissionais desse meio devem estar extremamente capacitados para atender às expectativas e necessidades dos seus clientes. Com esse treinamento, profissionais que tentam impor produtos e serviços aos clientes não têm espaço no mercado.

Se você pretende investir no segmento imobiliário, seja como corretor independente, seja como diretor de uma imobiliária, você deve deve ter características como: saber perceber e entender desejos e necessidades de seus clientes, demonstrar agilidade na prestação de serviços e agir com respeito, ética, dignidade, segurança e profissionalismo.

O planejamento de uma imobiliária

O papel resumido da imobiliária é proceder e intermediar transações imobiliárias, aproximando clientes e vendedores, atendendo às necessidades que ele procura e podendo ainda prestar serviços adicionais como aqueles relacionados ao uso, manutenção e conservação dos imóveis.

Quando um proprietário contrata uma imobiliária para cuidar da venda ou aluguel de seu imóvel, ele se isenta de uma série de responsabilidades. Todas as pendências, para obter o sucesso, são resolvidas pela imobiliária, sendo feito com competência e profissionalismo.

Algumas vantagens para o dono do imóvel com a contratação de uma imobiliária:

- Economia de tempo e agilidade no processo de locação;

- Divulgação do imóvel para um público-alvo específico;

- Técnicos especializados na realização de serviços que envolvam as transações imobiliárias;

- Atendimento especializado nas questões técnicas e legais relacionadas à compra ou ao aluguel do imóvel;

- Não precisará preocupar-se com questões burocráticas e documentações;

- Terá a consultoria de investimentos imobiliários;

- Terá uma análise do cenário e perspectivas econômicas;

- Contará com uma assessoria especializada em situações que envolvem estado de conservação e seus pertences, acessórios e equipamentos;

- Entre outros.

Atuação da imobiliária

A imobiliária pode oferecer seus serviços em três segmentos do mercado:

1) Locação de imóveis;
2) Corretagem de imóveis;
3) Administração de condomínios.

Montagem de uma imobiliária

Para a montagem de uma imobiliária, deve ser elaborado um plano estratégico, que cause a reflexão, e uma investigação sobre os propósitos empresariais. Disso surgirá um projeto de técnicas e estratégias a serem realizadas para alcançar o objetivo desejado.

A infraestrutura da própria imobiliária é muito importante. Deve ser bem organizada, com os setores separados para a especialização em determinadas tarefas.

Para organizar os clientes, fichas cadastrais destes devem ser preenchidas e jogadas no sistema de gerenciamento.

Modelo de dados que devem ter no cadastro:

- Nome do cliente;
- Locais onde pretende alugar o imóvel;
- Características desejadas do imóvel;
- Faixa de preço do aluguel;
- Disponibilidade de renda;
- Composição familiar;
- Disponibilidade de garantias locatícias;
- Outras informações que a imobiliária achar pertinente.

Investimento inicial para se montar uma imobiliária 

Para calcular o investimento inicial, a princípio, é necessário que todas as despesas sejam listadas. Exemplos: despesas com o imóvel, instalações, equipamentos, contratações de serviços, contratação de empregados, treinamento, documentação, legalização da empresa e outros.

“Mesmo que você consiga uma minuciosa definição dos gastos que irão compor seu investimento inicial, certamente, durante os procedimentos de montagem da imobiliária, surgirão situações imprevistas que não puderam ser consideradas naquela estimativa”, afirma o professor Fernando de Magalhães Júnior, do Curso Como Montar e Administrar uma Imobiliária, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas.

Especialistas calculam o valor médio de implantação em torno de R$ 31.000,00, mas, obviamente, dependendo do porte da empresa.

Deve ser escolhido um local, onde não haja muitos concorrentes por perto.

A lei que rege as atividades das imobiliárias, nº 6.530/78, deve ser consultada.

Para a abertura legalizada da imobiliária, você precisará:

    - Registrar no CRECI;
    - Registrar na Junta Comercial e Prefeitura do Município;
    - Registrar na Receita Federal;
    - Registrar no INSS;
    - Registrar no Sindicato Patronal;

Por Natália Mayrink De Lazzari